Pastinhas de feijão veganas: simples, saudáveis e versáteis

Feijão preto com manga

  • 2 xícaras (1 xícara = 240 ml) de feijão preto cozido sem sal, e escorrido o líquido
  • 2 dentes de alho
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva
  • 1 colher de chá rasa de sal
  • 1 colher de sopa rasa de vinagre
  • 1 xícara (240 ml) de manga bem madura cortada em pedaços pequenos
  • ¼ de colher de chá de cominho em pó
  • ¼ de xícara de salsinha picada

MODO DE PREPARO

  1. Num processador de alimentos, adicione 1 xícara do feijão preto, alho, azeite de oliva, sal, cominho, vinagre e processe até obter uma mistura bem cremosa.
  2. Acrescente o restante do feijão, manga e a salsinha e pulse 3-4 vezes. Você não quer que a manga vire um purê, mas somente triture um pouco e se misture com os outros ingredientes. Então não processe demais, somente pulse algumas vezes.
  3. Na hora de servir, adicione mais salsinha fresca por cima.

 

 

Feijão vermelho com tomate seco

  • 6-8 tomates secos
  • ¼ de xícara de sementes de girassol ou nozes
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva (se for utilizar tomates conservados em azeite ou óleo, não precisa acrescentar azeite)
  • 1-2 dentes de alho
  • ½ de uma cebola roxa pequena
  • 4 colheres de sopa de cebolinha

MODO DE PREPARO

  1. Coloque o tomate seco e as sementes de girassol para demolhar por 2 horas.
  2. Escorra a água e acrescente no processador, junto com cebola roxa e os dentes de alho. Processe por uns 3 minutos, até tudo estar bem incorporado e com uma consistência de pastinha. Você vai precisar desligar o processador e com a ajuda de uma espátula, raspar as bordas da tigela para que os ingredientes de incorporem de maneira mais homogênea.
  3. Acrescente o feijão vermelho, sal e o azeite de oliva e bata por mais 3 minutos. Pare o processador, acrescente a cebolinha e processe por mais 1 minutos, até a cebolinha se incorporar bem.

Na hora de servir acrescente um pouco de sementes de girassol e cebolinha por cima.

Feijão branco, cenoura e gengibre

  • 3 cenouras médias
  • 1/2 colher de sopa de óleo de coco
  • 1 colher de sopa de açúcar 8 (demerara, mascavo ou coco)
  • 1 ½ xícara (1 xícara = 240 ml) de feijão branco cozido e escorrido o líquido
  • 1 colher de sopa de sementes de gergelim (opcional)
  • 2 pedaços pequenos (aprox. 1 colher de sopa) de gengibre fresco (se você não gosta de gengibre fresco, utilize menos ou omita esse ingrediente)
  • 1 dente de alho
  • ½ colher de chá de curcuma em pó (opcional)
  • 2-4 colheres de sopa de água
  • 1 colher de chá de sal
  • ½ xícara de espinafre fresco ou manjericão de folha larga fresco

MODO DE PREPARO

  1. Lave bem as cenouras, corte ao meio, e acrescente em uma frigideira junto com o óleo de coco e açúcar. Leve ao fogão e doure por uns 5 minutos, até elas estarem bem macias e dourados por fora.
  2. No processador de alimentos acrescente as cenouras, dentes de alho, sementes de gergelim, gengibre e processe por dois minutos. Pare o processador, raspe as bordas da tigela para todos os ingredientes de misturem de forma mais homogênea, adicione a água e processe por mais 1 minuto.
  3. Acrescente o feijão, curcuma e sal e processe por uns 2 minutos. Se necessário, misture um pouco com uma espatule e processe até tudo estar bem cremoso.
  4. Acrescente o espinafre e processe ligeiramente, 1-2 minutos, só o suficiente para que ele triture bem e se incorpore na pastinha.
  5. Na hora de servir, espalhe um pouco de sementes de gergelim por cima.

 

Pão de abóbora vegano sem glúten

Ingredientes
  1. • 3 colheres de sopa de sementes de linhaça triturada bem fininha
  2. • 6 colheres de sopa de água quente
  3. • 1 xícara (240ml) de farinha de arroz branca
  4. • ½ xícara (120ml) de farinha de arroz integral
  5. • ¼ de xícara de farinha de coco (se você não tem farinha de coco, pegue o coco ralado seco e triture no liquidificador até obter uma farinha). Meça ¼ de xícara depois de triturado.
  6. • ¼ de xícara de fécula de batata
  7. • 1 colher de chá de goma xantana
  8. • ¼ de xícara de açúcar demerara
  9. • ½ colher de chá de sal
  10. • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
  11. • 1 colher de chá de fermento químico
  12. • 1 colher de chá de canela
  13. • 1 xícara (240ml) de abóbora cozida, sem sal e bem amassada (consistência de um purê)
  14. • ¼ de xícara de azeite de oliva (pode substituir por óleo de coco ou outro óleo vegetal)
  15. • 2 colheres de sopa de agave ou melado
Modo de preparo
  1. 1. Pré aqueça o forne em 180°C
  2. 2. Numa tigela média, acrescente a linhaça com a água quente. Misture e reserve.
  3. 3. Numa tigela grande, adicione a farinha de arroz branca, farinha de arroz integral, fécula de batata, farinha de coco, goma xantana, açúcar, sal, bicarbonato de sódio, fermento químico, canela. Misture e reserve.
  4. 4. Na tigela da linhaça, adicione o o azeite de oliva, agave ou melado, abóbora. Misture bem e adicione na tigela grande dos secos. Misture bem com uma espátula, por uns 4 minutos, batendo a massa um pouco. No início vai parecer que está a mistura está muito seca, mas a medida que você for misturando vai ficar bem úmido e cremoso. Você quer uma consistência super pegajosa e cremosa. Se estiver muito seco (olhar vídeo) acrescente mais água, 1 colher de sopa de vez.
  5. 5. Transfira para uma forma de pão untada com óleo ou papel manteiga. Espalhe bem a massa com a ajuda de uma espátula. Opcional, acrescente sementes de abóbora por cima para enfeitar.
  6. 6. Leve para assar em forno pré aquecido em 180°C por em média de 50-60 minutos, até a massa soltar das bordas da forma, a superfície estar levemente dourada, e o teste do palito sair seco.
  7. 7. Deixe esfriar por no mínimo 30 minutos antes de cortar.

#vegano #vegan #Pãodeabóboraveganosemglúten #@alimentaçãosaudável

Risoto Vegano de Arroz Negro

Além de ser super fácil de fazer, este risoto de arroz negro tem um sabor todo especial. Vale testar!

Ingredientes:

1 e 1/2 xic de arroz negro

1 cebola picada

1 bandeja de shitake

1/2 xic de vinho branco

4 xic de caldo de legumes

azeite

Rúcula picada e batata palha para finalizar

Modo de preparo: Refogue a cebola no azeite. Acrescente o arroz e refogue tbm. Coloque o vinho até que o álcool evapore. Como o arroz não tem a cremosidade dos grãos tradicionalmente utilizados para risoto, você pode colocar 2 a 3 xícaras de caldo de legumes e deixar cozinhar o arroz em fogo baixo por 25 a 30 minutos. Reserve o restante do caldo para finalizar o seu risoto. Em outra panela refogue o shitake. Assim que a água do arroz começar a secar, adicione o shitake e vá mexendo, incluindo  o restante do caldo de legumes até que o arroz fique cremoso e levemente al dente. Finalize com rúcula picada e batata palha (opcional para enfeitar). Bom apetite!

 

 

 

 

 

Substitutos de ovos na dieta vegana

Tanto novatos quanto os mais experientes na cozinha vegana podem estar à procura de substituições parar usar nas receitas não veganas. Para todos os ingredientes não veganos, existe pelo menos um par de substitutos veganos.

 

Um ótimo substituto para ovos mexidos é tofu mexido. Você pode fazer sua receita ou comprar uma receita pronta. Outro substituto para o ovo é o gel da linhaça. Basta deixar a linhaça de molho em água de um dia para o outro, e usar o líquido gelatinoso. Nesse caso, o gel é usado para dar liga para massas, funcionando como a clara do ovo. Bananas amassadas, em receitas doces, também servem para dar liga, e ficam deliciosas como substitutas aos ovos.

Suco de Hibisco com Gengibre

Ingredientes:

2 colheres de sopa de hibisco;

2 colheres de sopa de gengibre ralado;

1 litro de água;

melado de cana para adoçar.

 

Leve a água ao fogo por 8 minutos, quando estiver bem quente, mas antes de começar a ferver adicione o gengibre, tampe e deixe descansar por 5 minutos. Em seguida, adicione o hibisco e deixe por mais 5 minutos. Coe, adoce, se preferir e sirva.

 

#vegano #vegan #veganismo #vegetariano #alimentaçãovegana

Maionese de Couve-flor

Ingredientes

300 gramas de couve-flor cozida (cerca de 3 xícaras ou uma unidade pequena)
1/3 de xícara (de chá) de azeite
1 colher (de sopa) de suco de limão
1 dente de alho pequeno sem o miolo
Sal a gosto
Pimenta a gosto

Modo de preparo

Antes de tudo, corte a couve-flor em pedaços menores e cozinhe até ficar bem macia, quase desmanchando. E escorra toda a água. Eu prefiro usar os “galhinhos” com as flores, pois ficam mais macios. Se for usar os talos, cozinhe bem, senão a maionese pode ficar meio pedaçuda. Eu costumo cozinhar na água fervente, mas acredito que dê certo no vapor também.
Em um liquidificador, coloque a couve-flor cozida, o azeite, o suco de limão, um dente de alho pequeno sem o miolo (para não ficar tão ardido) e tempere com sal e pimenta moída a gosto.
Bata bem, até obter uma mistura bem uniforme. Está pronto!

 

 

#vegan #veganismo

RECEITAS DE NATAL – Spaghetti de Pupunha  com Shimeji

Ingredientes
400 gr de fios de pupunha
100gr de shimeji
100gr de shitake
1 abobrinha pequena cortada em cubos
Erva doce fresca cortada em cubos a gosto.
1 tomate cortado em cubos
1 dente de alho amassado
Sal, pimenta e ervas a gosto
Azeite ou óleo de coco
Castanha de caju para finalizar

Modo de preparo
Refogue o alho no azeite. Acrescente o tomate e os cogumelos e os demais ingredientes. Tempere com sal, pimenta e ervas. Finalize com as castanhas e sirva. O segredo é não cozinhar demais os ingredientes. Deixe os legumes mais “al dente” assim eles não soltam tanto líquido, mantém o sabor e ficarão com uma textura deliciosa!

 

#receitavegana #vegnismo #vegan #vegano #menuvegano

RECEITAS VEGANAS DE NATAL – Rocambole de Lentilha

Modo de preparo

Coloque a lentilha em uma vasilha, cubra com o dobro de água e deixe de molho por 8 horas. Escorra, lave bem e coloque em uma panela, juntamente com 1 e 1/2 xícara de água e as folhas de louro e deixe cozinhar.
Enquanto isso, coloque a quinoa em uma vasilha pequena, cubra com água quente e deixe de molho por 2 minutos. Escorra lave bem e reserve.
Quando a lentilha estiver quase sem água, retire as folhas de louro, adicione a quinoa, misture e deixe cozinhar até a água do cozimento secar completamente.
Em seguida, adicione o azeite, o alho, a cebola, o suco de limão, o cominho, o orégano e tempere com sal a gosto. Misture bem e deixe cozinhar por cerca de 3 minutos, mexendo sempre para não queimar.
Desligue e acrescente a farinha de trigo integral, a aveia em flocos, misture bem e deixe esfriar completamente, para não atrapalhar a montagem (vai levar cerca de uma hora e meia).
Enquanto isso, prepare o molho de tomate e o purê conforme o seu gosto. Também cozinhe 6 unidades de vagem e 6 palitos grandes de cenoura em água fervente por 5 minutos. Escorra e reserve.
Pré aqueça o forno a 240ºC e coloque uma folha de papel manteiga com cerca de 40cm sobre uma superfície limpa. Distribua a mistura de lentilha e quinoa até formar um retângulo com cerca de 30cmx20cm e aperte bem, ajeitando as laterais.
Dê 2cm de distância da borda e distribua uma camada de purê. Disponha a vagem e a cenoura sobre ele e em seguida enrole o rocambole. Procure deixar o rocambole bem firme, e para isso aperte bem.
Unte uma assadeira antiaderente com uma colher de sopa de óleo, disponha o rocambole sobre ela, ajeite as laterais e pincele óleo sobre toda a superfície dele.
Leve para assar por 30 minutos a 240ºC e em seguida retire do forno. Cubra o rocambole com metade do molho e deixe a outra parte para a hora que for servir.
Devolva ao forno por mais 10 minutos e está pronto! Regue com azeite para servir.

Dicas

  • Você pode fazer a massa de lentilha e quinoa no dia anterior da sua ceia e deixar em uma vasilha fechada, na geladeira, para montar no dia seguinte. Eu fiz e deu certo, apenas mexi um pouco antes de por sobre o papel manteiga. Caso a sua massa ficar um pouco ressecada regue com um fiozinho de azeite.
  • Esta receita serve muito bem 6 pessoas, e você pode servir seu rocambole junto de arroz, maionese, salada, farofa…
  • Como somos apenas 2 e fiz alguns testes, sobrou um pouco de rocambole aqui. Na geladeira ele aguentou 3 dias bem fechadinho em um pote. Para servir eu fatiei e esquentei na frigideira em fogo baixo com um fio de azeite. Também congelei, mas ficou apenas 2 semanas lá. Para servir, tirei do freezer, esperei descongelar e esquentei também na frigideira, fatiado.