Dieta Vegetariana e a Vitamina D

VIT D

Níveis adequados de vitamina D são fundamentais para a manutenção da saúde geral do organismo, incluindo a saúde dos ósseos, do tecido muscular esquelético, e também do sistema imunológico entre outros.  Alguns estudos recentes relacionam a deficiência deste nutriente  com demência, depressão e aumento no risco do aparecimento de algumas doenças autoimunes, como por exemplo esclerose múltipla.  Diferentemente de outras vitaminas, ao obter vitamina D na sua forma ativa, nosso organismo transforma esta vitamina num hormônio chamado calcitriol. Logo 25-hidroxi-vitamina D (forma ativa desta vitamina) é chamado também de hormônio.

A obtenção de vitamina D pode ocorrer via alimentação ou via exposição solar, porém em ambos os casos este nutriente é enviado ao fígado ou rim para a sua ativação. A dieta vegetariana é pobre em vitamina D, o que faz com que indivíduos vegetarianos dependam mais da sua produção via exposição solar ou via suplementação. Observa-se hoje um crescente número de pessoas deficientes neste nutriente, sendo umas das possíveis razões a baixa exposição ou aumento no uso de protetores solares.

Existem diversos tipos de Vitamina D, sendo as vitaminas D2 e D3 as mais conhecidas e discutidas. A vitamina D3 se encontra numa forma mais disponível do que a vitamina d2, elevando os níveis sanguíneos de 25-hidroxi-vitamina D sanguíneos de forma mais rápida e duradoura. Logo os suplementos de vitamina D em geral são na forma de D3. O grande problema é que no Brasil estes suplementos são sempre de origem animal, enquanto que as poucas empresas que produzem este suplemento para vegetarianos, utilizam vitamina D2. Assim, o Brasil ainda carece de empresas que produzam vitamina D3 sinteticamente, sem nenhum derivado de produto animal, assim como já ocorre em outros países. Abaixo segue uma lista de suplementos veganos de vitamina D3 importados. Lembre-se sempre de procurar um médico ou nutricionista antes de iniciar qualquer suplementação.

Fontes:

“Dietary Supplement Fact Sheet: Vitamin D”. Office of Dietary Supplements (ODS). National Institutes of Health (NIH). Retrieved April 11, 2010.

Adams JS, Hewison M; Hewison (2010). “Update in Vitamin D”. Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism. 95 (2): 471–8. doi:10.1210/jc.2009-1773. PMC 2840860. Freely accessible. PMID 20133466.

 Biancuzzo RM, Clarke N, Reitz RE, Travison TG, Holick MF (2013). “Serum concentrations of 1,25-dihydroxyvitamin D2 and 1,25-dihydroxyvitamin D3 in response to vitamin D2 and vitamin D3 supplementation”. J Clin Endocrinol Metab. 98 (3): 973–9. doi:10.1210/jc.2012-2114. PMC 3590486. Freely accessible. PMID 23386645.